Veja nossas notícias e saiba de todas as novidades.
Olá, visitante. Acesse sua conta ou cadastre-se.
Departamentos

Saiba como lucrar com o mercado de produtos sensuais, que movimenta R$ 1 bi por ano

EXTRA 31-01-2017


O consumo de produtos sensuais e eróticos cresceu 3% em 2016, apesar da crise econômica no país, e movimenta cerca de R$ 1 bilhão por ano, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme). Para a presidente da entidade, foi justamente o difícil momento econômico que propiciou o crescimento, ainda que menor do que nos anos anteriores:

— Essa crise serviu como pontapé para muitas pessoas entrarem num novo mercado. Muitas mulheres perderam o emprego e apostaram nas vendas por catálogo ou começaram a montar pequenos negócios dentro de casa. Outras investiram num nicho interessante, que é a venda de produtos pelo Facebook e pelo WhatsApp.

Lançado na semana passada, o livro “Mulheres que não ficam sem pilha: como o consumo erótico feminino está transformando vidas, relacionamentos e a sociedade” mostra justamente uma pesquisa feita sobre esse segmento, por quatro anos, pela autora Luciana Walther, doutora em Administração pelo Instituto Coppead, escola de negócios da UFRJ.

— Há uma mudança de comportamento muito grande. Antes dos anos 90, as sex shops eram lojinhas meio obscuras, escondidas em galerias. Hoje, tudo é pensado nas mulheres, que correspondem a 70% dos clientes do segmento, e as lojas viraram butiques eróticas. No caso da venda direta, consultoras que vendiam cosméticos também passaram a incorporar catálogos de produtos sensuais — explica.



Leia mais: http://extra.globo.com/emprego/saiba-como-lucrar-com-mercado-de-produtos-sensuais-que-movimenta-1-bi-por-ano-20844653.html#ixzz4XMhfLeRy

 

Motivação de cliente é apimentar a relação

O livro de Luciana Walther é fruto da tese dela de doutorado em Administração, para a qual entrevistou clientes, empresárias e vendedoras:

— O mercado de produtos sensuais ainda é um tabu na área e reuni várias informações úteis para quem quer investir no setor. Muitas clientes afirmam, por exemplo, que têm dificuldades para guardar os itens em casa, sem que as crianças ou as faxineiras os encontrem. Isso mostra a necessidade de tudo ser discreto.

Luciana também observou outro comportamento:

— A primeira impressão é que a pessoa compra produtos sensuais para usar sozinha. Na verdade, a maioria costuma comprar produtos para “apimentar a relação”. Então, a vendedora precisa estar preparada para falar de relacionamento, dar conselhos e ouvir relatos íntimos.

Para a presidente da Abeme, Paula Aguiar, o tabu diminuiu bastante atualmente:

— Há um momento de empoderamento da mulher. Então, o sucesso das empreendedoras é oferecer o produto para a amiga, que por mais que tivesse curiosidade, teria vergonha de entrar numa loja, mas acaba comprando no trabalho, na faculdade, na academia. Há também há uma preocupação maior do homem em agradar à parceira. Por isso, eles também compram artigos.

Confira recomendações para quem quer começar

Investimento e retorno

Segundo a Abeme, o investimento inicial pode ser pequeno, a partir de R$ 100, num catálogo ou na compra de produtos em atacado para revenda. Uma pessoa que trabalha em tempo integral recebe, em média, de mil reais a R$ 2 mil por mês, logo no início, no estilo vendas diretas para amigos e parentes, e no modelo de porta a porta.

Artigos

Existem mais de seis mil opções de produtos sensuais e eróticos. Há produtos que podem ser vendidos a partir de R$ 10, como alguns tipos de gel, e o Brasil é referência no mundo pelos produtos acessíveis e de qualidade, segundo a Abeme.

Gastos

O tíquete médio das vendas vai de R$ 100 a R$ 110, nas lojas físicas. Nas vendas diretas, cada cliente gasta de R$ 60 a R$ 70 por compra.

Favoritos

Os itens mais consumidos são os cosméticos, e as fantasias são procuradas para a comemoração de datas especiais, como Dia dos Namorados e aniversários de namoro ou casamento.

Treinamento

Luciana Walther e Paula Aguiar destacam o treinamento como o grande diferencial para quem trabalha na área. Os empreendedores precisam ter o maior número de informações sobre cada produto: “As vendedoras precisam falar com naturalidade, porque viram confidentes das clientes”, explica Luciana.

Conhecer o negócio

Analista de Comércio e Serviços do Sebrae Nacional, Mauricio Tedeschi lembra que, assim como em qualquer outro setor, antes de iniciar um empreendimento, é importante saber por onde e como começar: “Por isso, é importante planejar bem o negócio, verificar se tem perfil, conhecer quem será seu cliente, ter um bom controle gerencial, selecionar e motivar as pessoas que farão parte do negócio e saber se terá recursos suficientes para implementar a ideia”.

Capacitação

O especialista lembra que, para ser empreendedor, não é necessário ter formação numa área específica, mas sempre buscar capacitação. “Ter espíritos criativo e pesquisador também é uma qualidade fundamental”.

Perfil

Mauricio Tedeschi destaca que, no caso do mercado de produtos eróticos, é preciso avaliar se as pessoas envolvidas têm afinidade com o assunto: “O empreendedor atuará com um mix de produtos diversificado, que pode ser considerado ofensivo ou constrangedor para algumas pessoas. Ele deve ser livre de preconceitos, evitar julgamentos de valor, falar sobre os produtos com naturalidade e prezar pela discrição”, enfatiza.

Crise e internet

A crise demanda do empreendedor uma avaliação contundente sobre o negócio. “É uma oportunidade que ele tem de melhorar sempre, planejar melhor e profissionalizar a gestão”, afirma Tedeschi. Para usar as redes sociais, as dicas são tentar compreender o perfil e as necessidades de cada um: “Vender pela internet tem três grandes vantagens: a comodidade, a conveniência e a abrangência, pois é possível comprar e vender, de várias localidades”.



Leia mais: http://extra.globo.com/emprego/saiba-como-lucrar-com-mercado-de-produtos-sensuais-que-movimenta-1-bi-por-ano-20844653.html#ixzz4XMhuf3dA


Lido 951 vezes | 0 Comentários

Comentários


Escreva um Comentário

Seu Nome


Seu E-Mail


Seu Comentário Aviso: HTML não é permitido!

Digite o código na caixa a baixo:


Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
Desenvolvimento
Criação de sites RJ: Murillo Camargo & Doble
MauadX © 2012 - Todos os direitos reservados
Avaliação de Lojas e-bit