Atualidade de Machado de Assis: Leituras críticas

Atualidade de Machado de Assis: Leituras críticas

Atualidade de Machado de Assis: Leituras críticas

  • EditoraALAMEDA
  • Modelo: 9V75049
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 57,80

    R$ 68,00
Para o bem (e às vezes para o mal, mas essa questão fica para outro dia), o estudo de Machado de Assis é, hoje, uma das mais difundidas ocupações dos nossos ensaístas universitários da área de letras, sobretudo daqueles que estudam a literatura do século XIX. A atração que exerce este escritor prolífico, complexo e dono de um humor ímpar torna sua obra uma das mais provocadoras, se não a mais provocadora, da literatura brasileira.
Essa saudável disputa interpretativa tem provocado, felizmente, um curioso fenômeno: a redescoberta de seus escritos por diversas frentes. Já não temos “apenas” leituras centradas nos livros que imortalizaram o escritor – especialmente dos romances da “segunda fase” ou da “viravolta”. Machado hoje é uma casa com muitas portas e janelas, pelas quais se pode entrar comportadamente, tocando a campainha, ou sorrateiramente, como um gato aproveitando uma veneziana mal fechada.
O livro Atualidade de Machado de Assis é, nesse sentido, um retrato deste momento atual da crítica, que articula textos do “bruxo” com novas teorias e antigos escritores. A produção poética, os romances menos festejados, os contos ressignificados, as crônicas relidas e os textos redescobertos – como é o caso das Badaladas do Dr. Semana, recentemente publicadas pela Nankin –, lidos pela crítica contemporânea, nos apresentam um escritor que é ao mesmo tempo o mais canônico e o menos enquadrável pelas
leituras canônicas.
Nos textos reunidos neste volume por Andréa Sirihal Werkema e João Cezar de Castro Rocha, também autores de capítulos para o livro, temos, a cada artigo, um novo Machado, expandido por alguns de seus melhores leitores e pelo potencial de sua obra.
Características
Ano de publicação 2021
Autor Andréa S. Werkema, João Cezar de Castro (orgs)
Biografia Para o bem (e às vezes para o mal, mas essa questão fica para outro dia), o estudo de Machado de Assis é, hoje, uma das mais difundidas ocupações dos nossos ensaístas universitários da área de letras, sobretudo daqueles que estudam a literatura do século XIX. A atração que exerce este escritor prolífico, complexo e dono de um humor ímpar torna sua obra uma das mais provocadoras, se não a mais provocadora, da literatura brasileira.
Essa saudável disputa interpretativa tem provocado, felizmente, um curioso fenômeno: a redescoberta de seus escritos por diversas frentes. Já não temos “apenas” leituras centradas nos livros que imortalizaram o escritor – especialmente dos romances da “segunda fase” ou da “viravolta”. Machado hoje é uma casa com muitas portas e janelas, pelas quais se pode entrar comportadamente, tocando a campainha, ou sorrateiramente, como um gato aproveitando uma veneziana mal fechada.
O livro Atualidade de Machado de Assis é, nesse sentido, um retrato deste momento atual da crítica, que articula textos do “bruxo” com novas teorias e antigos escritores. A produção poética, os romances menos festejados, os contos ressignificados, as crônicas relidas e os textos redescobertos – como é o caso das Badaladas do Dr. Semana, recentemente publicadas pela Nankin –, lidos pela crítica contemporânea, nos apresentam um escritor que é ao mesmo tempo o mais canônico e o menos enquadrável pelas
leituras canônicas.
Nos textos reunidos neste volume por Andréa Sirihal Werkema e João Cezar de Castro Rocha, também autores de capítulos para o livro, temos, a cada artigo, um novo Machado, expandido por alguns de seus melhores leitores e pelo potencial de sua obra.
Edição 1
Editora ALAMEDA
ISBN 9786588875049
Páginas 348

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.