Do que se come: Uma história do abastecimento e da alimentação em Belém 1850-1900

Do que se come: Uma história do abastecimento e da alimentação em Belém 1850-1900

Do que se come: Uma história do abastecimento e da alimentação em Belém 1850-1900

  • EditoraALAMEDA
  • Modelo: 9V92627
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 57,80

    R$ 68,00
Trabalho pioneiro no estudo da história da alimentação na Amazônia brasileira, este livro, originalmente dissertação de mestrado em História Social da Amazônia, defendida junto ao Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Pará, aborda de forma inovadora a temática do abastecimento na segunda metade do século XIX. A autora revê diversas balizas historiográficas até então consagradas e que careciam ser problematizadas e revisitadas.
Para Sidiana da Consolação Ferreira de Macedo o tema das práticas alimentares, bem como os da produção, distribuição e consumo de alimentos na Amazônia é fundamental para se entender a história do país. Tanto é assim que este trabalho, antes de tornar livros, já era uma referência entre os pesquisadores do tema. A história da Amazônia ainda está sendo escrita, mas o livro de Sidiana é um dos elementos essenciais para se entender esse grande tema. Sem dúvida que o estudo da história do abastecimento e da alimentação na região amazônica, com destaque para a realidade paraense, se faz importante e necessário para o alargamento da compreensão de nosso presente a partir do passado, um presente tão marcado na identidade e cultura paraense pelo comer, com suas práticas alimentares com ingredientes, manejos, cheiros e sabores típicos, recheados de tradição e histórias.
Do que se come é uma obra que, sem perder de vista o rigor metodológico da pesquisa histórica, irá agradar todos os leitores, pois é um convite ao banquete de nossa história, servido com iguarias e alimentos regionais, como o açaí ou o pirarucu, além da farinha, sem deixar de lado gêneros de outros lugares, quer nacionais ou importados.
Características
Ano de publicação 2014
Autor SIDIANA DA CONSOLAÇÃO FERREIRA DE MACÊDO
Biografia Trabalho pioneiro no estudo da história da alimentação na Amazônia brasileira, este livro, originalmente dissertação de mestrado em História Social da Amazônia, defendida junto ao Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Pará, aborda de forma inovadora a temática do abastecimento na segunda metade do século XIX. A autora revê diversas balizas historiográficas até então consagradas e que careciam ser problematizadas e revisitadas.
Para Sidiana da Consolação Ferreira de Macedo o tema das práticas alimentares, bem como os da produção, distribuição e consumo de alimentos na Amazônia é fundamental para se entender a história do país. Tanto é assim que este trabalho, antes de tornar livros, já era uma referência entre os pesquisadores do tema. A história da Amazônia ainda está sendo escrita, mas o livro de Sidiana é um dos elementos essenciais para se entender esse grande tema. Sem dúvida que o estudo da história do abastecimento e da alimentação na região amazônica, com destaque para a realidade paraense, se faz importante e necessário para o alargamento da compreensão de nosso presente a partir do passado, um presente tão marcado na identidade e cultura paraense pelo comer, com suas práticas alimentares com ingredientes, manejos, cheiros e sabores típicos, recheados de tradição e histórias.
Do que se come é uma obra que, sem perder de vista o rigor metodológico da pesquisa histórica, irá agradar todos os leitores, pois é um convite ao banquete de nossa história, servido com iguarias e alimentos regionais, como o açaí ou o pirarucu, além da farinha, sem deixar de lado gêneros de outros lugares, quer nacionais ou importados.
Edição 1
Editora ALAMEDA
ISBN 9788579392627
Páginas 280

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.