Violência na Berlinda, A

Violência na Berlinda, A

Violência na Berlinda, A

  • EditoraCONTRA CAPA
  • Modelo: 6201710
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 32,30

    R$ 38,00
As sete contribuições desta coletânea foram originalmente concebidas no âmbito das atividades do grupo Epos-Genealogias, Subjetivações e Violências, cuja ênfase incide sobre a história das formas de subjetivação. A luz da abordagem transdisciplinar que caracteriza as pesquisas desenvolvidas por seus integrantes, a problematização, a análise e os inúmeros desdobramentos subjetivos e institucionais da violência cotidiana têm sido eixo recorrente de seus debates tanto acadêmicos quanto públicos. O leitor interessado por essa forma de consentimento e dissensão terá a chance, portanto, de avaliar como os autores aqui reunidos abordam o controle do uso de droga pela Justiça e pela psiquiatria, o papel e a atuação da mídia na divulgação de crimes, a lógica atuarial na gestão das classes tidas como perigosas, a pacificação de determinados territórios como forma de combate à violência. a judicialização da morte o espraiamento da insegurança social na contemporaneidade. Trata-se de assuntos que, além de naturalmente polêmicos, têm servido sob o manto da governabilidade, de focos de atuação política com nítidas implicações socioeconômicas, razão pela qual sua observância, no sentido de pôr-se em conformidade com um modelo ou regra, deve ser continuamente questionada.
Características
Ano de publicação 2014
Autor VERA MALAGUTI BATISTA
Biografia As sete contribuições desta coletânea foram originalmente concebidas no âmbito das atividades do grupo Epos-Genealogias, Subjetivações e Violências, cuja ênfase incide sobre a história das formas de subjetivação. A luz da abordagem transdisciplinar que caracteriza as pesquisas desenvolvidas por seus integrantes, a problematização, a análise e os inúmeros desdobramentos subjetivos e institucionais da violência cotidiana têm sido eixo recorrente de seus debates tanto acadêmicos quanto públicos. O leitor interessado por essa forma de consentimento e dissensão terá a chance, portanto, de avaliar como os autores aqui reunidos abordam o controle do uso de droga pela Justiça e pela psiquiatria, o papel e a atuação da mídia na divulgação de crimes, a lógica atuarial na gestão das classes tidas como perigosas, a pacificação de determinados territórios como forma de combate à violência. a judicialização da morte o espraiamento da insegurança social na contemporaneidade. Trata-se de assuntos que, além de naturalmente polêmicos, têm servido sob o manto da governabilidade, de focos de atuação política com nítidas implicações socioeconômicas, razão pela qual sua observância, no sentido de pôr-se em conformidade com um modelo ou regra, deve ser continuamente questionada.
Edição 1
Editora CONTRA CAPA
ISBN 9788577401710
Páginas 176

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.