Universidade na encruzilhada, A

Universidade na encruzilhada, A

Universidade na encruzilhada, A

  • EditoraUNESP
  • Modelo: 7405445
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 62,10

    R$ 69,00
Esta coletânea de artigos resume quase 50 anos de reflexões de Cristovam Buarque sobre a universidade. Nos 36 textos, escritos entre 1966 e 2013, é possível acompanhar o amadurecimento das ideias do atual senador da República, ex-professor e reitor da Universidade de Brasília (UnB), desde os tempos de estudante.

A obra abarca artigos juvenis, como o discurso de formatura em que Buarque defende a “universidade engajada”, durante o regime militar, produções como “Universidade libertadora”, em que, já professor e reitor da UnB, propõe uma instituição que recupere a velocidade na formulação de ideias, além de textos como “A cor da elite”, em que o senador reflete sobre cotas sociais e raciais.

O artigos apresentam uma série de questionamentos e propostas para “arejar” o ambiente universitário e aprofundar o diálogo com os desafios contemporâneos. Críticos e afirmativos, os textos defendem a reforma da universidade, apesar de todas as barreiras: “A universidade precisa mudar radicalmente, ser refundada, mas a reforma não poderá ser importada sem o consentimento da comunidade, nem será feita a partir do seu interior, porque não contará com o apoio da comunidade acadêmica”, escreve Buarque
Características
Ano de publicação 2015
Autor CRISTOVAM BUARQUE
Biografia Esta coletânea de artigos resume quase 50 anos de reflexões de Cristovam Buarque sobre a universidade. Nos 36 textos, escritos entre 1966 e 2013, é possível acompanhar o amadurecimento das ideias do atual senador da República, ex-professor e reitor da Universidade de Brasília (UnB), desde os tempos de estudante.

A obra abarca artigos juvenis, como o discurso de formatura em que Buarque defende a “universidade engajada”, durante o regime militar, produções como “Universidade libertadora”, em que, já professor e reitor da UnB, propõe uma instituição que recupere a velocidade na formulação de ideias, além de textos como “A cor da elite”, em que o senador reflete sobre cotas sociais e raciais.

O artigos apresentam uma série de questionamentos e propostas para “arejar” o ambiente universitário e aprofundar o diálogo com os desafios contemporâneos. Críticos e afirmativos, os textos defendem a reforma da universidade, apesar de todas as barreiras: “A universidade precisa mudar radicalmente, ser refundada, mas a reforma não poderá ser importada sem o consentimento da comunidade, nem será feita a partir do seu interior, porque não contará com o apoio da comunidade acadêmica”, escreve Buarque
Edição 1
Editora UNESP
ISBN 9788539305445
Páginas 344

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.