Rousseau frente ao legado de Montesquieu

Rousseau frente ao legado de Montesquieu

Rousseau frente ao legado de Montesquieu

  • EditoraEDIPUC-RS
  • Modelo: 7100691
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 32,80

    R$ 41,00
Embora nem sempre a influência de Montesquieu tenha sido reconhecida de forma explícita por Rousseau, ele escondeu sua admiração pelo barão de La Brède. Ao longo de seus textos, este é levado com "um filósofo ilustre", um "autor célebre" e um "belo gênio", o único pensador moderno que poderia ter fundado a ciência do direito político, se tivesse desejado fazê-lo. Poucos dias e depois da morte do autor dO Espírito das Leis, quando recebeu a notícia, Rousseau uma carta ao pastor genebrino Perdriau na qual expressou em poucas palavras seus sentimentos pela perda que se abatera sobre a cena intelectual europeia: "Vós lamentareis tanto quanto eu o ilustre Montesquieu. Cabe àqueles que têm uma pátria e que a amam, chorar por esse grande homem. Ele não tinha necessidade de uma vida tão longa para ser imortal: mas deveria viver eternamente para ensinar aos povos seus direitos e seus deveres". Rousseau, que no Contrato Social também seguiu o objetivo de mostrar aos povos seus direitos e deveres, delineando os limites dentro dos quais a boa política poderia ser praticada, teve muito a aprender com esse antecessor cujo trabalho estudou com dedicação antes mesmo de se tornar ele próprio um escritor renomado e de ter gravado indelevelmente seu nome entre os clássicos.
Características
Ano de publicação 2011
Autor RENATO MOSCATELI
Biografia Embora nem sempre a influência de Montesquieu tenha sido reconhecida de forma explícita por Rousseau, ele escondeu sua admiração pelo barão de La Brède. Ao longo de seus textos, este é levado com "um filósofo ilustre", um "autor célebre" e um "belo gênio", o único pensador moderno que poderia ter fundado a ciência do direito político, se tivesse desejado fazê-lo. Poucos dias e depois da morte do autor dO Espírito das Leis, quando recebeu a notícia, Rousseau uma carta ao pastor genebrino Perdriau na qual expressou em poucas palavras seus sentimentos pela perda que se abatera sobre a cena intelectual europeia: "Vós lamentareis tanto quanto eu o ilustre Montesquieu. Cabe àqueles que têm uma pátria e que a amam, chorar por esse grande homem. Ele não tinha necessidade de uma vida tão longa para ser imortal: mas deveria viver eternamente para ensinar aos povos seus direitos e seus deveres". Rousseau, que no Contrato Social também seguiu o objetivo de mostrar aos povos seus direitos e deveres, delineando os limites dentro dos quais a boa política poderia ser praticada, teve muito a aprender com esse antecessor cujo trabalho estudou com dedicação antes mesmo de se tornar ele próprio um escritor renomado e de ter gravado indelevelmente seu nome entre os clássicos.
Editora EDIPUC-RS
ISBN 9788539700691
Páginas 344

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.