1968 e A Saúde Mental

1968 e A Saúde Mental

1968 e A Saúde Mental

  • EditoraCONTRA CAPA
  • Modelo: 62-0170
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 21,00

    R$ 35,00
Este livro é fruto da mesa-redonda “Saúde Mental e 68”, realizada durante as comemorações dos quarenta anos de 1968 no Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em maio de 2008.
Seus autores têm participado ativamente das transformações que, sob o impulso das lutas vividas em 1968, modificaram de maneira ampla o campo da saúde mental no Brasil.
Ana Pitta, coordenadora de Saúde Mental à época da promulgação da Lei nº 10.216, de 6 de abril de 2001, que regulamentou a nova assistência em saúde mental no Brasil, ensina na Universidade Federal da Bahia (UFBA).
João Ferreira é professor titular do Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPUB/UFRJ) e foi assessor do Ministério da Sáude nas I, II, e III Conferências Nacionais de Saúde Mental. Ligia Costa Leite, ex-diretora da Escola Tia Ciata, coordena o Programa de Estudo e Assistência para Jovens Evasão Escolar, Drogas e Desafiliação, no Hospital Escola São Francisco de Assis (HESFA/UFRJ), na cidade do Rio de Janeiro. Marci Dória Passos, psicanalista e professora da Faculdade de Letras da UFRJ, é pesquisadora do programa Análise do Discurso Psicótico no IPUB/UFRJ. Manoel Olavo Teixeira é médico da Fundação Oswaldo Cruz e doutor em Psiquiatria pela UFRJ. Patrícia Albuquerque coordena o Programa de Serviços Residenciais Terapêuticos, da Coordenação de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. E Pedro Gabriel Delgado, coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde e professor da Faculdade de Medicina da UFRJ, realizou a III Conferência Nacional de Saúde Mental em Brasília, Distrito Federal, em dezembro de 2001.
João Ferreira
Características
Autor JOAO FERREIRA DA SILVA FILHO
Biografia Este livro é fruto da mesa-redonda “Saúde Mental e 68”, realizada durante as comemorações dos quarenta anos de 1968 no Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em maio de 2008.
Seus autores têm participado ativamente das transformações que, sob o impulso das lutas vividas em 1968, modificaram de maneira ampla o campo da saúde mental no Brasil.
Ana Pitta, coordenadora de Saúde Mental à época da promulgação da Lei nº 10.216, de 6 de abril de 2001, que regulamentou a nova assistência em saúde mental no Brasil, ensina na Universidade Federal da Bahia (UFBA).
João Ferreira é professor titular do Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPUB/UFRJ) e foi assessor do Ministério da Sáude nas I, II, e III Conferências Nacionais de Saúde Mental. Ligia Costa Leite, ex-diretora da Escola Tia Ciata, coordena o Programa de Estudo e Assistência para Jovens Evasão Escolar, Drogas e Desafiliação, no Hospital Escola São Francisco de Assis (HESFA/UFRJ), na cidade do Rio de Janeiro. Marci Dória Passos, psicanalista e professora da Faculdade de Letras da UFRJ, é pesquisadora do programa Análise do Discurso Psicótico no IPUB/UFRJ. Manoel Olavo Teixeira é médico da Fundação Oswaldo Cruz e doutor em Psiquiatria pela UFRJ. Patrícia Albuquerque coordena o Programa de Serviços Residenciais Terapêuticos, da Coordenação de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. E Pedro Gabriel Delgado, coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde e professor da Faculdade de Medicina da UFRJ, realizou a III Conferência Nacional de Saúde Mental em Brasília, Distrito Federal, em dezembro de 2001.
João Ferreira
Editora CONTRA CAPA
ISBN 9788577400379

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.