Abutres, Ingênuos e a Ameaça de Destruição da Grande Companhia

Abutres, Ingênuos e a Ameaça de Destruição da Grande Companhia

Abutres, Ingênuos e a Ameaça de Destruição da Grande Companhia

  • R$ 38,25

    R$ 45,00
“Depois do estrondoso e merecido sucesso de ´O espetáculo da corrupção´, o brilhante Walfrido Warde volta à cena, agora acompanhado do grande jurista Rafael Valim, para denunciar mais um vergonhoso espetáculo a que poucos se deram conta até o momento”.



Alfredo Sérgio Lazzareschi Neto



A Editora Contracorrente tem a honra de publicar Abutres, ingênuos e a ameaça de destruição da grande companhia, dos célebres juristas Walfrido Warde e Rafael Valim.

Com erudição e rara coragem, os autores denunciam uma indistinção equivocada entre empresa e empresário, que alimenta uma crescente indústria de demandas judiciais e arbitrais movidas contra companhias, todas elas sociedades anônimas de capital aberto, para que sejam obrigadas a indenizar os seus acionistas, o mais das vezes grupos pequenos de “investidores abutres”, não raro organizados em “associações de papel”, pelo suposto dano que sofreram, indiretamente, em decorrência da conduta ilegal de administradores ou de controladores dessas sociedades.

Trata-se de um livro em defesa da macroempresa nacional, sobretudo em observância à necessidade de preservar os postos de trabalho, o conteúdo nacional, a arrecadação tributária (que depende do bom-sucesso das empresas e que pavimenta o desenvolvimento) e a competitividade do Brasil.
Características
Ano de publicação 2021
Autor Walfrido Warde e Rafael Valim
Biografia “Depois do estrondoso e merecido sucesso de ´O espetáculo da corrupção´, o brilhante Walfrido Warde volta à cena, agora acompanhado do grande jurista Rafael Valim, para denunciar mais um vergonhoso espetáculo a que poucos se deram conta até o momento”.



Alfredo Sérgio Lazzareschi Neto



A Editora Contracorrente tem a honra de publicar Abutres, ingênuos e a ameaça de destruição da grande companhia, dos célebres juristas Walfrido Warde e Rafael Valim.

Com erudição e rara coragem, os autores denunciam uma indistinção equivocada entre empresa e empresário, que alimenta uma crescente indústria de demandas judiciais e arbitrais movidas contra companhias, todas elas sociedades anônimas de capital aberto, para que sejam obrigadas a indenizar os seus acionistas, o mais das vezes grupos pequenos de “investidores abutres”, não raro organizados em “associações de papel”, pelo suposto dano que sofreram, indiretamente, em decorrência da conduta ilegal de administradores ou de controladores dessas sociedades.

Trata-se de um livro em defesa da macroempresa nacional, sobretudo em observância à necessidade de preservar os postos de trabalho, o conteúdo nacional, a arrecadação tributária (que depende do bom-sucesso das empresas e que pavimenta o desenvolvimento) e a competitividade do Brasil.
Edição 1
Editora CONTRACORRENTE
ISBN 9786588470695
Páginas 152

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.