Veja nossas notícias e saiba de todas as novidades.
Olá, visitante. Acesse sua conta ou cadastre-se.
Negros na universidade

Negros na universidade

Fora de estoque
 
R$46,00 R$37,70
Modelo: Impresso
Edição: 0
Ano de publicação: 0
Número de páginas: 0
ISBN: 9788534703581
Editora: PALLAS
Sinopse Autor Comentários (0)
No Brasil é tão reduzido o número de estudantes negros que chegam à Universidade que é senso comum a idéia de que eles são a “exceção que confirma a regra”. Seria exceção? Ou essa presença, seja como alunos ou como professores, é o resultado de trajetórias de vida cheias de percalços e de lutas? Essa é uma das questões de que trata a pesquisa realizada pela antropóloga Moema De Poli Teixeira. Agora, transformada em livro, é versão da sua tese de doutoramento defendida no Programa de Pós-graduação em Antropologia Social do Museu Nacional – UFRJ, em 1998. Este seu estudo irá enriquecer os debates cada vez mais atuais, sobre negros na universidade brasileira, marcando um importante momento na história da nossa Educação em que se salienta a importância do acesso do negro no ensino superior. Dois procedimentos metodológicos, próprios da Antropologia, foram criativamente utilizados pela autora nesse trabalho: a abordagem comparativa, visando demonstrar a continuidade temporal da desigualdade, e o recurso aos discursos dos informantes, numa forma etnográfica reveladora das trajetórias individuais, assinalando os pontos comuns de um processo educacional de ascensão social. Como destaca a antropóloga Giralda Seyferth, a publicação deste trabalho de Moema De Poli Teixeira “é oportuna, pois traz uma contribuição original sobre a especificidade e os princípios que norteiam o preconceito e a discriminação racial num espaço institucional – a universidade pública – com base nos discursos de indivíduos classificados como negros que vivenciaram um processo de ascensão social. Os resultados apontam para a persistência das desigualdades e do racismo como valor dominante associado às diferenças de classe, mesmo nas situações de mudança social, mais de cem anos depois que Joaquim Nabuco pronunciou o desaparecimento da ‘maldição da cor’”. A antropóloga Moema De Poli Teixeira é mestre e doutora em Antropologia pelo Programa de Pós-graduação em Antropologia Social do Museu Nacional, UFRJ. Há vários anos dedica-se a pesquisar as relações raciais no Brasil.
Livros
Autor MOEMA DE POLI TEIXEIRA

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim            Bom

Digite o código da imagem:



Tags:

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
Desenvolvimento
Criação de sites RJ: Murillo Camargo & Doble
MauadX © 2012 - Todos os direitos reservados
Avaliação de Lojas e-bit