Os Orixás e A Personalidade Humana

Os Orixás e A Personalidade Humana

Os Orixás e A Personalidade Humana

  • EditoraPALLAS
  • Modelo: 61-0152
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 24,65

    R$ 29,00
Desvendar a personalidade das pessoas que nos cercam é cada vez mais importante na atualidade, pois ajuda a entender seu comportamento, bem como a prever as atitudes que delas podemos esperar. Outrossim, ajuda a precavermo-nos de certas situações embaraçosas que surgem no convívio social ou profissional. Para o autor, Mario Cesar Barcellos, a formação da personalidade humana além de estar ligada aos vários fatores apontados pela Psicologia, como por exemplo, as características hereditárias ou adquiridas, também está relacionada às causas místicas e naturais, expressadas no candomblé, na força dos orixás. Essas divindades do panteão afro-brasileiro seriam as principais responsáveis pelo que somos e expressamos, sendo por essa razão, necessário a determinação do orixá de cabeça, para a compeensão de nossas personalidades.
Características
Ano de publicação 2006
Autor MARIO CESAR BARCELLOS
Biografia Desvendar a personalidade das pessoas que nos cercam é cada vez mais importante na atualidade, pois ajuda a entender seu comportamento, bem como a prever as atitudes que delas podemos esperar. Outrossim, ajuda a precavermo-nos de certas situações embaraçosas que surgem no convívio social ou profissional. Para o autor, Mario Cesar Barcellos, a formação da personalidade humana além de estar ligada aos vários fatores apontados pela Psicologia, como por exemplo, as características hereditárias ou adquiridas, também está relacionada às causas místicas e naturais, expressadas no candomblé, na força dos orixás. Essas divindades do panteão afro-brasileiro seriam as principais responsáveis pelo que somos e expressamos, sendo por essa razão, necessário a determinação do orixá de cabeça, para a compeensão de nossas personalidades.
Edição 5
Editora PALLAS
ISBN 9788534702843
Páginas 144

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.