Ação afirmativa em questão: Brasil, Estados Unidos, África do Sul e França

Ação afirmativa em questão: Brasil, Estados Unidos, África do Sul e França

Ação afirmativa em questão: Brasil, Estados Unidos, África do Sul e França

  • EditoraPALLAS
  • Modelo: 6105127
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 54,40

    R$ 68,00
A discussão sobre as cotas para negros trouxe o debate sobre a discriminação e as desigualdades raciais. Um levantamento recente em discursos parlamentares e jornais de circulação nacional detectou um maior esclarecimento da consciência
racial brasileira, a partir da ocorrência de palavras-chave ligadas a ela: raça, racismo, racial. Mesmo assim, a maior parte das cotas para negros nas universidades brasileiras, antes da Lei de Cotas, era somente para negros oriundos de escolas públicas e/ou de baixa renda.

Ação afirmativa em questão é o resultado do seminário Ação afirmativa em perspectiva comparada, realizado na PUC-Rio, em junho de 2012. Esse evento teve como motivação a apresentação dos resultados finais da pesquisa Monitoramento e acompanhamento das políticas de ação afirmativa nas universidades públicas brasileiras. A apresentação da pesquisa representou a discussão brasileira na comparação feita durante dois dias de intensos debates e contou com a participação de três acadêmicos que discutiram
a questão da ação afirmativa em seus países: Estados Unidos, África do Sul e França.
Características
Ano de publicação 2014
Autor ANGELA RANDOLPHO PAIVA (ORG.)
Biografia A discussão sobre as cotas para negros trouxe o debate sobre a discriminação e as desigualdades raciais. Um levantamento recente em discursos parlamentares e jornais de circulação nacional detectou um maior esclarecimento da consciência
racial brasileira, a partir da ocorrência de palavras-chave ligadas a ela: raça, racismo, racial. Mesmo assim, a maior parte das cotas para negros nas universidades brasileiras, antes da Lei de Cotas, era somente para negros oriundos de escolas públicas e/ou de baixa renda.

Ação afirmativa em questão é o resultado do seminário Ação afirmativa em perspectiva comparada, realizado na PUC-Rio, em junho de 2012. Esse evento teve como motivação a apresentação dos resultados finais da pesquisa Monitoramento e acompanhamento das políticas de ação afirmativa nas universidades públicas brasileiras. A apresentação da pesquisa representou a discussão brasileira na comparação feita durante dois dias de intensos debates e contou com a participação de três acadêmicos que discutiram
a questão da ação afirmativa em seus países: Estados Unidos, África do Sul e França.
Edição 1
Editora PALLAS
ISBN 9788534705127
Páginas 432

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.