O Verbo e a Lira (selo Mais História, volume 2)

O Verbo e a Lira  (selo Mais História, volume 2)

O Verbo e a Lira (selo Mais História, volume 2)

  • R$ 34,00

    R$ 40,00
"Esta é uma poesia que se preza de suas origens e de sua função. Uma poesia marcada, de um lado, por um forte sentimento do mundo e, de outro, por um domínio quase absoluto do verbo - domínio que, não sendo absoluto, já o revela, ao poeta, consciente de seu ofício, o árduo e enganoso ofício de encantar palavras". (...)
(...) Da leitura dos agora quase 50 poemas de seu livro ressaltam duas coisas. A primeira é a justeza do título. O poeta tem consciência disso e o revela numa epígrafe: "O Verbo me anuncia / feliz e menor. / A razão é a Lira". (...) A segunda decorre em parte da primeira. Na contramão de Drummond, o poeta de Nudez - que escreve, desnudando-se: "Não cantarei amores que não tenho / e, quando tive, nunca celebrei" -, Marcelo se mostra, dominantemente, um lírico amoroso. (...) De resto, ninguém melhor que Marcelo para falar de poesia. De sua poesia (que é linguagem, mas também metalinguagem). (Fragmentos do texto da apresentação por Jayro José Xavier poeta, ensaísta e professor)
Características
Ano de publicação 2021
Autor Marcelo Câmara
Biografia "Esta é uma poesia que se preza de suas origens e de sua função. Uma poesia marcada, de um lado, por um forte sentimento do mundo e, de outro, por um domínio quase absoluto do verbo - domínio que, não sendo absoluto, já o revela, ao poeta, consciente de seu ofício, o árduo e enganoso ofício de encantar palavras". (...)
(...) Da leitura dos agora quase 50 poemas de seu livro ressaltam duas coisas. A primeira é a justeza do título. O poeta tem consciência disso e o revela numa epígrafe: "O Verbo me anuncia / feliz e menor. / A razão é a Lira". (...) A segunda decorre em parte da primeira. Na contramão de Drummond, o poeta de Nudez - que escreve, desnudando-se: "Não cantarei amores que não tenho / e, quando tive, nunca celebrei" -, Marcelo se mostra, dominantemente, um lírico amoroso. (...) De resto, ninguém melhor que Marcelo para falar de poesia. De sua poesia (que é linguagem, mas também metalinguagem). (Fragmentos do texto da apresentação por Jayro José Xavier poeta, ensaísta e professor)
Edição 1
Editora MAIS HISTÓRIAS
ISBN 9786587631752
Páginas 116

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.