Vidas de César

Vidas de César

Vidas de César

  • R$ 48,00

    R$ 60,00
Dando continuidade a sua programação de resgate das letras clássicas no país, a Editora Estação Liberdade lança Vidas de César, duas renomadas biografias do imperador romano escritas por dois dos maiores autores da Antiguidade. Reunidas num mesmo volume e em edição trilíngue — português, grego e latim —, o leitor tem agora a oportunidade de conhecer uma das figuras mais controversas da História. O primeiro texto, O divino Júlio, é de autoria do romano Suetônio. A partir de uma minuciosa consulta a documentos, o autor aborda sem disfarces aspectos mundanos da vida de um imperador tornado quase uma divindade. Ao contrapor homem e estadista, esquiva-se de falsos moralismos e evita os perigos da bajulação numa época marcada pelo surgimento de lideranças despóticas.

Já a obra César, do grego Plutarco, faz uma abordagem mais filosófica do que propriamente histórica. Em seu texto — de fortes cores dramáticas —, há a mesma preocupação com as fontes, no entanto, nota-se um grande esforço de observação de um universo alheio ao pensamento helenista. Em ambas as biografias, destaca-se a arrebatadora narrativa dos momentos finais do imperador romano. Pode-se acompanhar não só os detalhes da conspiração engendrada para tirar César do poder (bem como as famosas punhaladas desferidas por seus opositores), mas a maneira como este episódio é revelado pelos autores.
Características
Ano de publicação 2007
Autor Suetônio e Plutarco
Biografia Dando continuidade a sua programação de resgate das letras clássicas no país, a Editora Estação Liberdade lança Vidas de César, duas renomadas biografias do imperador romano escritas por dois dos maiores autores da Antiguidade. Reunidas num mesmo volume e em edição trilíngue — português, grego e latim —, o leitor tem agora a oportunidade de conhecer uma das figuras mais controversas da História. O primeiro texto, O divino Júlio, é de autoria do romano Suetônio. A partir de uma minuciosa consulta a documentos, o autor aborda sem disfarces aspectos mundanos da vida de um imperador tornado quase uma divindade. Ao contrapor homem e estadista, esquiva-se de falsos moralismos e evita os perigos da bajulação numa época marcada pelo surgimento de lideranças despóticas.

Já a obra César, do grego Plutarco, faz uma abordagem mais filosófica do que propriamente histórica. Em seu texto — de fortes cores dramáticas —, há a mesma preocupação com as fontes, no entanto, nota-se um grande esforço de observação de um universo alheio ao pensamento helenista. Em ambas as biografias, destaca-se a arrebatadora narrativa dos momentos finais do imperador romano. Pode-se acompanhar não só os detalhes da conspiração engendrada para tirar César do poder (bem como as famosas punhaladas desferidas por seus opositores), mas a maneira como este episódio é revelado pelos autores.
Edição 1
Editora ESTAÇÃO LIBERDADE
ISBN 9788574481210
Páginas 272

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.