Arte de ser ousada,A: Uma homenagem a Carmen da Silva 1919-1985

Arte de ser ousada,A: Uma homenagem a Carmen da Silva 1919-1985

Arte de ser ousada,A: Uma homenagem a Carmen da Silva 1919-1985

  • EditoraVIEIRA E LENT
  • Modelo: 6500604
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 34,32

    R$ 42,90
"Chega de ser barco à deriva,
seja a protagonista de sua própria vida!”
Carmen da Silva foi uma mulher singular. Nasceu em Rio Grande (RS), mas ainda jovem foi sozinha para Montevidéu e depois para Buenos Aires. De volta ao Brasil, instalou-se no Rio de Janeiro e iniciou uma brilhante trajetória com a coluna mensal "A arte de ser mulher", na revista Claudia, que manteve de 1963 a 1985. Enfrentou com coragem os preconceitos de seu tempo e foi pioneira da batalha, ainda atual, contra a perversa herança do sistema patriarcal. Uma inteligência humanista que não admitia hipocrisias marcou a vida da mulher e também a sua atuação como escritora, jornalista e conferencista em defesa do direito primordial de ser mulher como protagonista de seu destino. Diz Carmen: "O que lhes proponho, em verdade, é radicalmente oposto às tradições em que foram educadas, aos preconceitos vigentes, à mitologia criada em torno do chamado 'eterno feminino', concebido em termos um tanto rococós de puerilidade, fragilidade, artifício e submissão. (...)”.

Obra de referência aos estudos de gênero, traz importantes documentos: íntegra da Carta das Mulheres à Constituinte de 1987 e o Relatório das Conclusões do Seminário Pesquisa sobre o Papel e o Comportamento da Mulher Brasileira (ABI-1975); uma centena de notas e a lista dos artigos que ilustram a evolução de seu pensamento e os temas abordados nos anos de 1963 a 1985. Além de cronologia e índice onomástico.
Características
Ano de publicação 2015
Autor COMBA MARQUES PORTO
Biografia "Chega de ser barco à deriva,
seja a protagonista de sua própria vida!”
Carmen da Silva foi uma mulher singular. Nasceu em Rio Grande (RS), mas ainda jovem foi sozinha para Montevidéu e depois para Buenos Aires. De volta ao Brasil, instalou-se no Rio de Janeiro e iniciou uma brilhante trajetória com a coluna mensal "A arte de ser mulher", na revista Claudia, que manteve de 1963 a 1985. Enfrentou com coragem os preconceitos de seu tempo e foi pioneira da batalha, ainda atual, contra a perversa herança do sistema patriarcal. Uma inteligência humanista que não admitia hipocrisias marcou a vida da mulher e também a sua atuação como escritora, jornalista e conferencista em defesa do direito primordial de ser mulher como protagonista de seu destino. Diz Carmen: "O que lhes proponho, em verdade, é radicalmente oposto às tradições em que foram educadas, aos preconceitos vigentes, à mitologia criada em torno do chamado 'eterno feminino', concebido em termos um tanto rococós de puerilidade, fragilidade, artifício e submissão. (...)”.

Obra de referência aos estudos de gênero, traz importantes documentos: íntegra da Carta das Mulheres à Constituinte de 1987 e o Relatório das Conclusões do Seminário Pesquisa sobre o Papel e o Comportamento da Mulher Brasileira (ABI-1975); uma centena de notas e a lista dos artigos que ilustram a evolução de seu pensamento e os temas abordados nos anos de 1963 a 1985. Além de cronologia e índice onomástico.
Edição 1
Editora VIEIRA E LENT
ISBN 9788581600604
Páginas 208

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.