A Mulher Sem Palavras

A Mulher Sem Palavras

A Mulher Sem Palavras

  • EditoraVIEIRA E LENT
  • Modelo: 6582785
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 29,90

    R$ 46,00
Marcelo Barbão, conhecido por suas ótimas traduções — a última foi Eu sou Ozzy — volta às livrarias como escritor três anos após o elogiado Acaricia meu sonho [Amauta], com seu segundo romance: A mulher sem palavras.

A protagonista, sem nome, como em seu primeiro livro, parte dos EUA para uma viagem que começa em Katmandu, no Nepal, e passa pelo Butão, Tibete e Sikkim. O desejo dela é integrar-se ao Himalaia (costumes, crenças, amores, política, tempo), ser esquecida e esquecer tudo que viveu — busca o vazio de sua existência.

A mulher sem palavras dá uma chacoalhada nos valores, questiona o tempo histórico, inquire a vida moderna a partir de antigos totens e referências (como as lutas políticas e as revoluções ideológicas, sociais, sexuais dos anos 1960),
explorando as dicotomias e ambiguidades humanas que vão se apresentando ao longo da narrativa.

Características
Ano de publicação 2010
Autor MARCELO BARBÃO
Biografia Marcelo Barbão, conhecido por suas ótimas traduções — a última foi Eu sou Ozzy — volta às livrarias como escritor três anos após o elogiado Acaricia meu sonho [Amauta], com seu segundo romance: A mulher sem palavras.

A protagonista, sem nome, como em seu primeiro livro, parte dos EUA para uma viagem que começa em Katmandu, no Nepal, e passa pelo Butão, Tibete e Sikkim. O desejo dela é integrar-se ao Himalaia (costumes, crenças, amores, política, tempo), ser esquecida e esquecer tudo que viveu — busca o vazio de sua existência.

A mulher sem palavras dá uma chacoalhada nos valores, questiona o tempo histórico, inquire a vida moderna a partir de antigos totens e referências (como as lutas políticas e as revoluções ideológicas, sociais, sexuais dos anos 1960),
explorando as dicotomias e ambiguidades humanas que vão se apresentando ao longo da narrativa.

Edição 1
Editora VIEIRA E LENT
ISBN 9788588782785
Páginas 160

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.