Narrativas de formação da nacionalidade: nação, identidade e memória no Brasil e na Ibero América do século XIX ao XXI

Narrativas de formação da nacionalidade: nação, identidade e memória no Brasil e na Ibero América do século XIX ao XXI

Narrativas de formação da nacionalidade: nação, identidade e memória no Brasil e na Ibero América do século XIX ao XXI

  • EditoraMAUAD X
  • Modelo: 01B31127
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 50,15

    R$ 59,00
Fruto do diálogo intelectual entre pesquisadoras e pesquisadores de diversas instituições, Narrativas de formação da nacionalidade presenteia o leitor instigantes reflexões acerca da nação e da nacionalidade, compreendidas como categorias analíticas de múltiplas dimensionalidades. Os estudos vão da Independência ao século XXI, com foco central no Brasil e nos países ibero-americanos, e se dão por meio de abordagens que mesclam perspectivas objetivas e subjetivas. Poder, jogos políticos, relações diplomáticas com países vizinhos, construção e defesa da soberania, mundos do trabalho, lutas por direitos e narrativas literárias são alguns dos prismas pelos quais a nação, as identidades e a memória são trabalhadas. A nacionalidade é compreendida tanto como constituída de cima para baixo, quanto o inverso. Assim, os interesses do Estado, bem como os das camadas populares, são tomados como importantes e, dessa maneira, são desenvolvidos nos capítulos da obra. Tenho certeza de que o livro atenderá aos mais exigentes leitores que buscam melhor compreensão sobre a constituição de nossa nacionalidade. (fragmento do texto da orelha por Karoline Carula IH–UFF)

Características
Ano de publicação 2020
Autor Ana Paula Barcelos Ribeiro da Silva, et al
Biografia Fruto do diálogo intelectual entre pesquisadoras e pesquisadores de diversas instituições, Narrativas de formação da nacionalidade presenteia o leitor instigantes reflexões acerca da nação e da nacionalidade, compreendidas como categorias analíticas de múltiplas dimensionalidades. Os estudos vão da Independência ao século XXI, com foco central no Brasil e nos países ibero-americanos, e se dão por meio de abordagens que mesclam perspectivas objetivas e subjetivas. Poder, jogos políticos, relações diplomáticas com países vizinhos, construção e defesa da soberania, mundos do trabalho, lutas por direitos e narrativas literárias são alguns dos prismas pelos quais a nação, as identidades e a memória são trabalhadas. A nacionalidade é compreendida tanto como constituída de cima para baixo, quanto o inverso. Assim, os interesses do Estado, bem como os das camadas populares, são tomados como importantes e, dessa maneira, são desenvolvidos nos capítulos da obra. Tenho certeza de que o livro atenderá aos mais exigentes leitores que buscam melhor compreensão sobre a constituição de nossa nacionalidade. (fragmento do texto da orelha por Karoline Carula IH–UFF)

Editora MAUAD X
ISBN 9786587631127
Páginas 244

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.