Mente, linguagem e mundo

Mente, linguagem e mundo

Mente, linguagem e mundo

  • EditoraALAMEDA
  • Modelo: 9V90159
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 36,00

    R$ 48,00
É impossível à filosofia mais sutil e à razão humana mais vulgar não reconhecerem a relevância do fato de que nossa tendência secular é atribuir a nós mesmos a capacidade de pensar, acreditar, desejar, conhecer. Mente, linguagem e mundo, organizado pelo filósofo Waldomiro Silva Filho, estuda o modo que agimos sob a influência dos pensamentos, crenças, desejos e como, através deles, descrevemos ou avaliamos nossas ações.

Esses termos são objetos de análise que se definem, segundo o jargão filosófico, como estados mentais intencionais que possuem um conteúdo ou um significado. No nosso cotidiano nos referimos a eles usando expressões da forma: “João acredita que a água sacia a sede”, “José deseja que seu time seja campeão”. Os filósofos denominam essas maneiras de atitudes proposicionais, uma vez que expressam uma atitude específica de um sujeito em relação a uma proposição específica. Por isso temos: a crença de que [a água sacia a sede]; o pensamento de que [as coisas não andam bem]; o desejo de que [o time vença] e o medo de que [a crise econômica se agrave].

Dessa forma, Mente, linguagem e mundo abarca fatos simples analisados de maneira complexa, numa atenta observação do cotidiano e dos seres humanos e leva o leitor a expressar e compreender o conteúdo semântico e o significado da crença, do desejo e outras tantas incógnitas das mente humana.
Características
Ano de publicação 2010
Autor WALDOMIRO SILVA FILHO (ORG.)
Biografia É impossível à filosofia mais sutil e à razão humana mais vulgar não reconhecerem a relevância do fato de que nossa tendência secular é atribuir a nós mesmos a capacidade de pensar, acreditar, desejar, conhecer. Mente, linguagem e mundo, organizado pelo filósofo Waldomiro Silva Filho, estuda o modo que agimos sob a influência dos pensamentos, crenças, desejos e como, através deles, descrevemos ou avaliamos nossas ações.

Esses termos são objetos de análise que se definem, segundo o jargão filosófico, como estados mentais intencionais que possuem um conteúdo ou um significado. No nosso cotidiano nos referimos a eles usando expressões da forma: “João acredita que a água sacia a sede”, “José deseja que seu time seja campeão”. Os filósofos denominam essas maneiras de atitudes proposicionais, uma vez que expressam uma atitude específica de um sujeito em relação a uma proposição específica. Por isso temos: a crença de que [a água sacia a sede]; o pensamento de que [as coisas não andam bem]; o desejo de que [o time vença] e o medo de que [a crise econômica se agrave].

Dessa forma, Mente, linguagem e mundo abarca fatos simples analisados de maneira complexa, numa atenta observação do cotidiano e dos seres humanos e leva o leitor a expressar e compreender o conteúdo semântico e o significado da crença, do desejo e outras tantas incógnitas das mente humana.
Edição 1
Editora ALAMEDA
ISBN 9788579390159
Páginas 360

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.