A MORTE E O MORRER EM PORTUGAL

A MORTE E O MORRER EM PORTUGAL

A MORTE E O MORRER EM PORTUGAL

  • EditoraALMEDINA
  • Modelo: AM24045702
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 174,60

    R$ 194,00
O padrão da mortalidade pela idade e sexo é um marcador da situação epidemiológica e do peso da doença e permite comparabilidade entre países. Em Portugal, há duas bases oficiais de óbitos: global, elaborada a partir da certidão de óbito; da letalidade intra-hospitalar, através da codificação por Grupos de Diagnósticos Homogéneos. Neste estudo, analisam-se estas duas bases nos anos 2000, 2004 e 2008. Espera-se que a informação obtida possa ser utilizada por estudantes e especialistas da saúde, em aspectos pontuais e que estimule investigação mais detalhada, geradora de conhecimento. Na análise complementar sobre a organização dos hospitais quanto aos cuidados ao Doente em Fase Terminal da Vida, realça-se uma preocupação crescente dos serviços, uma preparação incipiente dos profissionais e a emergência ainda tímida dos cuidados paliativos. Maria do Céu Soares Machado Alta Comissária da Saúde (2006-2011) Índice Capítulo I - Enquadramento e metodologia Capítulo II - A morte em Portugal Capítulo III - A morte hospitalar Capítulo IV - O doente em fase terminal Capítulo V - Conclusões e recomendações finais Capítulo VI - Bibliografia
Características
Ano de publicação 2011
Autor VARIOS
Biografia O padrão da mortalidade pela idade e sexo é um marcador da situação epidemiológica e do peso da doença e permite comparabilidade entre países. Em Portugal, há duas bases oficiais de óbitos: global, elaborada a partir da certidão de óbito; da letalidade intra-hospitalar, através da codificação por Grupos de Diagnósticos Homogéneos. Neste estudo, analisam-se estas duas bases nos anos 2000, 2004 e 2008. Espera-se que a informação obtida possa ser utilizada por estudantes e especialistas da saúde, em aspectos pontuais e que estimule investigação mais detalhada, geradora de conhecimento. Na análise complementar sobre a organização dos hospitais quanto aos cuidados ao Doente em Fase Terminal da Vida, realça-se uma preocupação crescente dos serviços, uma preparação incipiente dos profissionais e a emergência ainda tímida dos cuidados paliativos. Maria do Céu Soares Machado Alta Comissária da Saúde (2006-2011) Índice Capítulo I - Enquadramento e metodologia Capítulo II - A morte em Portugal Capítulo III - A morte hospitalar Capítulo IV - O doente em fase terminal Capítulo V - Conclusões e recomendações finais Capítulo VI - Bibliografia
Comprimento 23
Edição 1
Editora ALMEDINA
ISBN 9789724045702
Lançamento 01/01/2011
Largura 16
Páginas 216

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Tags